Mini Treinamento Google Ads Gratuito

Mini Treinamento Google Ads Gratuito

curso grátis para afiliados iniciantes

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Varejo Omnichannel: saiba sua importância

Varejo Omnichannel: saiba sua importância

Um dos fatores mais preponderantes do marketing digital é, sem dúvidas, o varejo omnichannel.

As empresas possuem uma grande variedade de redes sociais, estratégias e plataformas. Quando tudo isso converge em uma mesma prática comunicativa, as vantagens são muito claras.

Nesse sentido, o omnichannel se consolida como uma metodologia extremamente positiva para aumentar a visibilidade e, consequentemente, as conversões.

Quer entender melhor os detalhes desse tipo de varejo? Informar-se sobre como fazer a implantação? Confira o material abaixo!

Conheça melhor o varejo omnichannel

A base do varejo omnichannel é integrar todos os canais que a empresa de instalação de energia solar utiliza para divulgação.

Atenção: omnichannel é diferente de multicanais, que consiste em plataformas diferentes de contato.

O omnichannel vai além, todos os canais são integrados de modo que o atendimento ao consumidor fique cada vez mais personalizado e assertivo.

A partir desse modelo, é possível criar jornadas do consumidor unindo:

  • Redes sociais;
  • Aplicativos;
  • Lojas online;
  • Lojas físicas.

Ou seja, a assistência técnica iphone são paulo pode unificar todas as formas de atendimento sem problemas.

Por que o atendimento omnichannel é importante?

Agora, vamos começar a focar nos pontos positivos desse tipo de atendimento para qualquer tipo de empreendimento.

Nos tópicos que vêm a seguir, explicamos como o varejo omnichannel atua aumentando vendas e melhorando a tomada de decisões em diversos níveis.

Aprimora a jornada do consumidor

Nada melhor do que tornar a manutenção de nobreak mais acessível nos canais mais convenientes para a base de consumidores.

O modelo omnichannel auxilia na hora de guiar cada lead pelo funil de vendas. Por meio de técnicas de storytelling, por exemplo, um usuário pode se mover muito mais rapidamente na jornada.

Até mesmo amostras do produto podem ser oferecidas – tudo de forma digital. 

Dá mais agilidade e confiança

A velocidade no atendimento feito pela internet é um dos fatores que devem ser prioridade.

Os usuários da web são notoriamente mais impacientes quando se deparam com falhas e atrasos no geral.

Com o omnichannel, toda a equipe se mantém a par das dúvidas e problemas dos clientes.

Desse modo, o atendimento é realizado com mais rapidez, sem dar margem para desistências e reclamações posteriormente.

Possibilita mais aproveitamento de oportunidades

Com a loja de ar condicionado em Salvador presente em diversas plataformas, fica mais fácil engajar mais público.

Todo negócio preza pela atração de novos clientes periodicamente. Esse desenvolvimento contínuo é uma das grandes razões por trás da longevidade de marcas renomadas.

Então, o varejo omnichannel se revela também imprescindível para ampliar a rede de contatos e consolidar a empresa no mercado que se pretende explorar.

Melhora o controle do estoque

Imagine se o estoque da loja física e do e-commerce especializado em transformadores de tensão se mantenham separados, com gestões distintas.

Sem dúvidas vai haver algum problema se os pedidos na loja virtual se juntarem aos pedidos na sede física.

Quando todos esses dados ficam reunidos na mesma plataforma, o time de atendentes e vendedores têm a possibilidade de gerir o estoque da melhor maneira.

Isso evita dores de cabeça e insatisfações por parte da base de clientes, além de maior previsibilidade em relação à compra de matérias-primas, por exemplo.

Aumenta as vendas exponencialmente

Essa vantagem é um complemento do tópico anterior: se o cliente deseja comprar nobreak e o vendedor verifica que há estoque em outra filial, trata-se de uma venda que não deixou de ser completada por falta de produtos.

Isso também gera impactos muito positivos nas vendas online, pois previne o abandono de carrinhos, um dos fatores que mais preocupam os lojistas inseridos no mercado digital.

Caso algum lead abandone a página, o vendedor tem ainda a possibilidade de enviar cupons de desconto e ofertas segmentadas a partir do histórico de buscas daquele perfil.

Facilita a coleta de dados

Os dados são, provavelmente, as matérias-primas mais importantes e decisivas para quem atua no varejo digital.

Acompanhar de perto quem entra e sai da sua loja na internet não é nada fácil – mas fica mais assertivo quando os dados são devidamente registrados e armazenados.

Posteriormente, informações como origem do tráfego, taxa de cliques e histórico de pesquisas podem ser aplicadas para basear campanhas de mídia paga, por exemplo.

Quem lida com dados diariamente sai em vantagem na corrida dos e-commerces!

Como implantar o varejo omnichannel?

Fazer a transição de um modelo tradicional para o omnichannel envolve muitas decisões e mudanças operacionais.

Atente-se às dicas que nós temos para você que deseja fazer essa mudança tão benéfica para os negócios.

Estude o comportamento do seu público-alvo

É impossível escolher quais plataformas integrar se os profissionais em instalação de cabeamento estruturado não compreendem as preferências da maioria dos clientes.

Utilize ferramentas como o Google Analytics para se informar a respeito dos dispositivos utilizados para acessar o site, as origens de tráfego e mais.

A partir daí já é possível ter uma noção mais clara de quais redes sociais são mais interessantes, por exemplo.

Centralize todas as informações

É de extrema importância se certificar de que todos os dados essenciais para uma conversão estejam alinhados.

Os preços dos produtos disponíveis, o valor do frete, as promoções e cupons de desconto têm que estar alinhados.

As descrições de cada item também. O cliente deve ter a possibilidade de ter o melhor atendimento em qualquer canal que escolher.

Mapeie processos

Também é necessário ter controle sobre cada parte do processo de venda para que tudo seja mantido em pleno funcionamento.

Uma falha na hora da fatura de um pedido pode comprometer todo o fluxo da venda de telefones voip preços.

Se novos processos recentemente incorporados não forem devidamente integrados à rotina da organização, o varejo omnichannel não produzirá os efeitos esperados.

Por isso, mantenha uma gerência forte sobre cada atividade, desde o primeiro contato com visitantes até o pós-venda.

Capacite os profissionais

A equipe que vai ficar encarregada do atendimento, em qualquer canal, tem que ser muito bem preparada.

É muito provável que os colaboradores precisem tirar dúvidas, fazer explicações, fornecer descrições mais detalhadas e muito mais.

Eles precisam estar disponíveis quando o cliente necessitar – e, mais do que isso, serem capacitados a ajudá-lo de verdade.

Um tempo de resposta mais demorado no WhatsApp pode ser crucial para a decisão de compra daquele contato. Portanto, a qualificação dos profissionais é prioridade máxima.

Use o CRM

O CRM é a sigla que identifica o software de gestão de relacionamento com o cliente, em bom português.

Essa tecnologia reúne todo o histórico de cada consumidor em uma interface facilmente acessível.

Já não dá para registrar endereço, número de telefone e histórico de compras de cada lead convertido manualmente (seja em folhas de papel ou planilhas).

O CRM funciona como uma central de dados que os colaboradores podem acessar quando for necessário.

Trata-se de uma ferramenta indispensável para oferecer o melhor atendimento possível, de forma segmentada e consciente das necessidades e interesses de todos.

Valorize o tom de voz

Um modelo mais moderno de atendimento também presume maior preocupação com a forma como a marca se comunica com o cliente.

Em outras palavras, os profissionais que atuam na frente de atendimento ao consumidor têm que se comportar e comunicar de um jeito específico.

A capacitação não termina quando toda a equipe sabe como operar um software, por exemplo.

Ela deve marcar presença também no tipo de palavras que são empregadas, no tom de voz, nas boas práticas comunicativas.

O omnichannel plenamente integrado é aquele em que o cliente se sente muito bem tratado em qualquer circunstância.

A postura e o uniforme de quem fala com ele contam muito para levar essa experiência ao máximo em termos de qualidade e eficiência.

Exemplos de práticas omnichannel

Para finalizar e trazer o assunto para mais perto do nosso cotidiano, confira alguns exemplos de estratégias tipicamente omnichannel.

Guide Shop

O guide shop é uma loja física sem estoque. O cliente se dirige até lá para conhecer produtos, se consultar com vendedores e, caso algo o agrada, ele faz a compra pela internet por meio de tablets presentes na loja.

Ou seja, o cliente recebe o produto no conforto do lar, mas tem a experiência presencial para ter certeza de que é a melhor decisão.

Compra online, retirada presencial

Essa opção já é muito recorrente. Marcas de grande renome adotam o modelo de compra no meio online e retirada presencial.

Quem precisa de certo produto com urgência pode aproveitar muito essa modalidade.

Está convencido de que o varejo omnichannel é o futuro das compras online? Planeje-se e capacite-se para se adaptar a essa nova tecnologia!

Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Solicitar exportação de dados

Utilize este formulário para solicitar uma cópia dos seus dados neste site.

Solicitar remoção de dados

Utilize este formulário para solicitar a remoção dos seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Utilize este formulário para solicitar a retificação dos seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Utilize este formulário para solicitar o cancelamento de inscrição do seu e-mail em nossas Listas de E-mail.