Entenda as modalidades de E-commerce

Entenda as modalidades de E-commerce

Era inimaginável no passado, mas hoje em dia as modalidades de e-commerce possibilitam a venda de produtos e serviços totalmente pela internet.

Isso porque, cada vez mais, se torna cômodo para os clientes, que podem conferir catálogos inteiros com apenas um clique no mouse.

Também é interessante do ponto de vista empreendedor. Afinal, em alguns casos, não é preciso nem ter uma sede física para abrir um negócio, por exemplo, sendo bem menos oneroso.

Mas antes de definir qualquer plano, é importante que você se aprofunde nessa tendência.

Entenda o que é um e-commerce, a importância de valorizar o atendimento ao consumidor, as modalidades existentes e muito mais no texto abaixo!

Definindo o que é um e-commerce

O e-commerce nada mais é do que um modelo de comércio eletrônico. Ou seja, uma loja toda estruturada na internet.

As transações, a apresentação de produtos e o atendimento, tudo é feito pela web. A dinâmica de funcionamento é a mesma da empresas de energia solar na bahia presencial.

O visitante entra no site, pesquisa os produtos que o interessam, coloca no carrinho de compras virtual e informa o endereço para onde o item deve ser enviado.

Assim que o pagamento é confirmado, a equipe por trás do site separa o que vai ser entregue, embala e posta o item em uma empresa de entrega, ou em qualquer outro modo de entrega que deseja utilizar. 

No entanto, apesar de adotar alguns processos semelhantes entre comércios, principalmente em questões logísticas,existem particularidades específicas, bem como existem vários tipos de e-commerce.

Quais são as modalidades de e-commerce?

O progresso tecnológico fez com que o e-commerce se transformasse em uma opção viável para vários tipos de empreendimentos – não só para empresas B2C, por exemplo.

Hoje em dia, as lojas virtuais variam de acordo com o modelo de negócio e o canal de vendas. Conheça as principais modalidades de e-commerce nos tópicos abaixo.

  1. Business to Consumer (B2C)

Empresas B2C são aquelas que comercializam produtos destinados para o consumidor final, isto é, uma pessoa física.

O tipo de operação pode ser variado: Instalação de cabeamento de rede, loja de roupas ou restaurante. Desde que o público seja o consumidor final, estamos falando de um B2C.

Em geral, marcas desse tipo contam com o auxílio de parceiros e fornecedores para atender a todas as etapas da cadeia de produção e venda.

  1. Business to Business (B2B)

O modelo B2B é típico de empreendimentos que fornecem matérias-primas para outras marcas.

Por exemplo: quem fornece manutenção para fazer conserto de nobreaks é uma empresa B2B.

Sendo assim, quando essa compra é feita pela internet, estamos lidando com um e-commerce B2B.

  1. Consumer to Consumer (C2C)

Também há e-commerces em que toda transação parte de uma pessoa física para outra pessoa física.

Plataformas especializadas no anúncio de produtos novos e usados são os exemplos mais populares. Nesses casos a plataforma atua como uma intermediadora e garante a segurança das duas partes.

  1. Consumer to Business (C2B)

Nesse tipo de operação, pessoas físicas prestam serviços ou vendem algo para empresas.

Os bancos de imagem, em que profissionais da fotografia mostram seus trabalhos para marcas interessadas, são exemplos de e-commerces C2B.

Vendas pelas plataformas que citamos acima também podem se configurar como C2B.

  1. Mobile commerce (M-commerce)

O M-commerce é todo e-commerce que se concretiza por celulares, smartphones e tablets.

Muitas empresas renomadas já apostam nesse formato. Afinal, dispositivos móveis estão entre as formas mais populares de acesso à internet.

Nesse contexto, o mobile commerce é uma tendência que precisa ser adotada pela empresa especializada em Conserto tela samsung para potencializar as conversões e a satisfação do cliente.

  1. Social commerce (S-commerce)

Quando as vendas ocorrem em plataformas presentes em redes sociais, trata-se do social commerce.

Instagram Shopping e o marketplace do Facebook são dois exemplos clássicos de s-commerce.

Ambos funcionam como vitrines virtuais nas quais os anunciantes podem mostrar:

  • Fotos;
  • Descrição;
  • Preços;
  • Formas de pagamento.

É um tipo de e-commerce bastante popular. 

  1. Live commerce

Com a crescente popularidade das transmissões ao vivo, o live commerce se consolidou como um formato muito rentável de vender pela internet.

Nessa modalidade, os produtos podem ser promovidos por meio de propagandas em lives ou brindes baratos para clientes.

De modo semelhante, muitas marcas têm feito as chamadas liveshops, lives em que se mostram produtos ao vivo para quem assiste a live.

Qual é a importância do atendimento em e-commerce?

Tão importante quanto fechar vendas online, é investir em estratégias e métodos de atendimento.

Quem visita o site de serviços de contabilidade preços precisa ter meios de tirar dúvidas, saber mais sobre o serviço e se informar rapidamente.

Os consumidores mudaram: ligações telefônicas e formulários impessoais já não são suficientes.

Continue a leitura para se informar sobre os benefícios e a importância do atendimento em um e-commerce.

Fonte de informações

É preciso lembrar que o consumidor não pode tocar o produto que vai comprar online, por motivos óbvios.

Essa característica torna indispensável investir em atendimento de excelência para informar as pessoas a respeito das características principais de um serviço ou de um item.

Além disso, há softwares especializados na otimização e no armazenamento de dados de cada cliente.

Eles dão a oportunidade de guardar todo o histórico da loja com clientes específicos, desde as mensagens trocadas e produtos adquiridos até as entregas feitas.

Também é importante investir em imagens e descrições precisas sobre os itens, favorecendo a comercialização e agregando mais valor ao cliente.

Agilidade

O nível de atenção que nós dedicamos a um site nem sempre é o máximo possível. A web oferece muitas distrações – trocar de aba para verificar “preço corte de árvore” é muito comum.

Nesse caso, é claro que o e-commerce não pode depender de ligações por telefone ou formulários.

Os chatbots, tecnologia que viabiliza o atendimento automático, são ótimas opções para oferecer atendimento ágil.

Eles podem ser programados para responder a questões recorrentes e, assim, guiar o cliente em potencial pela jornada de compra.

Quando o visitante estiver pronto para fechar negócio, entra um atendente humano para completar a transação.

Construção de reputação

Isso não é exclusivo de e-commerces: quanto melhor a qualidade do atendimento, maior é a chance de alguém recomendar a empresa de reparo em tubulação de gás para outras pessoas.

Se as respostas demoram para chegar, os atendentes não têm as informações solicitadas ou a entrega é falha, a imagem da sua empresa pode ser prejudicada.

Então, não dá para negligenciar o impacto do atendimento virtual na construção de uma boa reputação para a sua loja virtual.

Fidelização de clientes

Não é segredo que a saúde financeira de um negócio depende de uma recorrência considerável de clientes.

Em outras palavras: só tem sucesso a marca que constrói, pouco a pouco e com dedicação, uma base de clientes fiéis e assíduos.

Isso só é possível quando se tem as estratégias e ferramentas mais adequadas para atender às expectativas da maioria dos visitantes.

O atendimento qualificado entra como um componente central na chamada fidelização de clientes, que é, justamente, a construção de um relacionamento duradouro com cada cliente.

Reconhecimento de perfis

Os consumidores de um e-commerce não formam uma massa homogênea com as mesmas preferências e comportamentos.

Existem características e fatores que variam de perfil para perfil: o dispositivo usado para acessar o site, os produtos pesquisados, o histórico de compras…

Com as tecnologias de otimização de atendimento, é possível segmentar cada perfil conforme essas e outras características decisivas.

Assim, a empresa é capaz de conhecer muito melhor quem busca os serviços e produtos dela – e trabalhar continuamente para sempre oferecer as melhores ofertas.

A segmentação, inclusive, é a base do desenvolvimento de anúncios digitais e, como tal, extremamente importante para cativar mais pessoas.

Qual é a melhor modalidade para um micro empreendimento?

Agora você provavelmente deve estar se perguntando qual é a melhor modalidade de e-commerce para quem deseja começar um micro empreendimento.

Todos os modelos de operação que apresentamos (B2B, B2C, C2C e C2B) são rentáveis e têm bastante público.

No entanto, é inevitável afirmar que, até hoje, a modalidade que domina o mercado virtual é o B2C.

Isso por si só tem dois lados: é um tipo de negócio reconhecido pelo grande público, mas o mercado pode estar saturado.

Olhando por esse lado, é vital que o micro empreendedor trabalhe em aspectos que diferenciem a loja virtual de outras lojas semelhantes.

Campanhas de marketing assertivas, produtos realmente inovadores, uma estrutura logística de ponta e atendimento qualificado: seu diferencial pode estar em qualquer um (ou em todos) desses pontos.

Olhe para o nicho que você deseja explorar, estude o tipo de persona que será o seu foco e desenvolva estratégias que saltem aos olhos dele.

Considerações finais

Essas são as modalidades de e-commerce, juntamente com a importância do atendimento nesse tipo de empresa.

Utilize essas informações para elaborar um plano de negócio ideal e promissor!

Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Utilize este formulário para solicitar uma cópia dos seus dados neste site.

Solicitar remoção de dados

Utilize este formulário para solicitar a remoção dos seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Utilize este formulário para solicitar a retificação dos seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Utilize este formulário para solicitar o cancelamento de inscrição do seu e-mail em nossas Listas de E-mail.